Tim Minchin e o verdadeiro rock nerd

Este não é um blog de música. Eu nem entendo de música tanto assim.

Mas há um tempo atrás eu falei aqui de Richard Cheese. Em minha opinião, ele é um indubitável gênio da música atual. Mas talvez ainda não seja nerd o bastante.

Tim Minchin
"Science adjusts it’s beliefs based on what’s observed Faith is the denial of observation so that Belief can be preserved." ~ Storm

E é aí que surge Tim Minchin. Eu poderia escrever um pouco sobre este músico-comediante australiano, mas é melhor você conhecê-lo nas músicas dele mesmo:

As letras das músicas parecem ter sido improvisadas em uma manhã fria de inverno, mas são absurdamente espetaculares.

Até as canções de amor de Tim Minchin são espetaculares. Destaque para “If I didn’t have you“, uma música de amor com uma letra devidamente sincera, que provavelmente não agradaria a mulher nenhuma.

If I didn’t have you to hold me tight
If I didn’t have you to lie with at night
If I didn’t have you to share my sights
And to kiss me and dry my tears when I cry…

Well I, really think that I would…
Have somebody else.

Tocante. Tal como a brilhante “Inflatable you”:

Mas a decisão se você vai idolatrar ou odiar Tim Minchin vêm agora.
O cara não é só genial, nerd, inteligentíssimo e estranho. Ele é ateu, cético e ofensivo. E brilhante, como na música “If You Open Your Mind Too Much Your Brain Will Fall Out (Take My Wife)”:

Destaque também para “Some People Have It Worse Than Me“, que parece ter sido ironicamente criada em um momento de falta de criatividade e para o ritmo contagiante de Ten Foot Cock and a Few Hundred Virgins“.

E, se você viu até aqui e concorda que é genial mas não achou ofensivo o suficiente… Durma com um barulho desses: The Pope Song.

Agradecimentos ao Galvão e ao Guilherme, por terem me apresentado Tim Minchin.
E ao canal do athoscesarferraz que disponibilizou uma cacetada de músicas legendadas em português.