Piada tem dono?

Reportagem de Tatiana de Mello Dias
Originalmente publicado no caderno LINK, do Estado de São Paulo, no dia 02 de julho de 2012
http://blogs.estadao.com.br/link/piada-tem-dono/

Uma sacada no Twitter e pronto: a piada se multiplica. Mas qual é o direito do autor?

SÃO PAULO – “O amor é a gasolina da vida: custa caro, acaba rápido e pode ser substituído pelo álcool.” A frase do blogueiro Paulo Velho ganhou o mundo, mas seu nome não foi citado em lugar nenhum. Escrita num tweet pela primeira vez em 2010, a piada ganhou novos donos, foi parar em um programa de rádio, virou comunidade no Orkut e até frase do personagem de Charlie Sheen na série Two and a Half Men, através de um aplicativo no Facebook.

“Foi um misto de surpresa com orgulho”, conta Paulo Velho. “Primeiro o orgulho de descobrir que alguém realmente lia o que eu escrevia. Depois a surpresa de descobrir que alguém ainda se atrevia a repetir as minhas piadas. É muita coragem.” Continuar lendo

Pensamentos da Angel Station

Há uma estranha tradição londrina que faz os ônibus mudarem o ponto final deles no meio do caminho. Costuma acontecer com mais freqüência do que devia e você é simplesmente abandonado na metade do trajeto. Por sorte, a malha de transporte público londrina é invejável, então, quando numa terça-feira eu fui abandonado na Angel Station (a caminho de Barbican), foi fácil adaptar minha rota.

Quadros de avisos nas estações estão presentes para mostrar informações sobre atrasos, problemas de funcionamento nas linhas ou fechamento temporário de estações. Várias manutenções estão sendo feitas preparando a cidade para as Olimpíadas, então é meio comum trechos do underground serem fechados em alguns dias.

O quadro de avisos na Angel Station me chamou atenção aquele dia. Ao invés das informações ao usuário, ele continha uma piadinha, daquelas dignas de twitter. “If heat makes things expand, then I’m not FAT… I’m just really HOT!“, dizia.

Diariamente os funcionários da estação, todo fanfarrões, atualizam o quadro com uma gag, um trocadilho, um pensamento novo… Citando frases de Albert Einstein a Homer Simpson (tenho minhas dúvidas de quem seria mais genial), as mensagens entretém os sisudos passageiros londrinos. Às vezes é mais útil do que reportar pequenos atrasos.

customer information

AVISO: Metrô de Londres informa!

Um blog com as frases diárias entrou em funcionamento ano passado: http://thoughtsofangel.com/. Alguns exemplos de mensagens que já foram publicadas no quadro:

  • Don’t go to bed angry. . .  Stay up & plot your revenge
  • Childhood is like being drunk. Everyone remembers, except you!
  • Why does the government try to stop us drinking and smoking. But then moan that we are living too long???!!!
  • My wife and I were happy for 20 years… Then we met.
  • If you feel like doing some work. Sit down and wait… the feeling soon goes away.
  • I still miss my ex… But my aim is improving.
  • “I feel sorry for people that don’t drink… Because when they wake up, that’s the best they’re going to feel all day.” (Frank Sinatra)
  • When I was born I was so surprised… I didn’t talk for a year and a half.
  • There is a fine line between fishing and just standing on the shore like an idiot.
  • When your ex says you’ll never find anyone like me, reply that’s the point!
  • A bus station is where a bus stops. A train station is where a train stops. I have a work station…
  • The trouble with being punctual  it’s that nobody is there to appreciate it.
  • Is it true that cannibals don’t eat clowns because they taste funny?

(Não traduzi pra não perder alguns trocadilhos ótimos)

A estação de overground Shoreditch também usa seu quadro de avisos para colocar fanfarronices. O tumblr http://boardscribe.tumblr.com/ tem algumas pérolas da estação, apesar de estar terrivelmente desatualizado.

Rebecca Black has a new song

Nem sempre as mensagens são positivas.

Gostei da iniciativa. Talvez funcionasse por alguns dias no Brasil, até algum usuário se sentir ofendido e processar a estação.

A rede anti-social

Ainda acho que, em favor da socialização, as pessoas deviam entrar mais em bares e menos em redes sociais. Como diz o Tio Dino, são tempos de muita rede social para pouco amigo.

Rede sem lei

O orkut é o equivalente às pochetes das redes sociais. Outrora pop, a rede já foi reportagem de William Bonner com suas Katilces e acusações de “não sei brincar, o orkut tá falando mal de mim.”. Hoje em dia, a comunidade é mais cafona do que casar na praia. Eu adoraria usar uma expressão-clichê do tipo que “o site só se mantém vivo com a ajuda de aparelhos”, mas todo site da internet só funciona com a ajuda de aparelhos.

A comunidade ainda é útil para verificar o que fazem seus amigos de mais baixa renda. Em minha humilde opinião, o grande problema do orkut é que ele se preocupou demais em imitar o facebook e esqueceu de ser quem ele realmente é. Não aprendeu nada com a moral de 9 em cada 10 contos de fada da Disney. Oras, se é pra ter uma rede que imita o facebook, então eu também vou para o facebook, que, convenhamos, imita muito melhor a si mesmo.

Atualmente, o orkut funciona como um cemitério de memórias. Pense em algum casal de amigos que tenham terminado o relacionamento nos últimos 6 meses. O orkut ainda guarda fotos dos pombinhos juntos e depoimentos apaixonados de um para o outro. Varrer os scraps e fotos de seus amigos no orkut é tipo varrer as fotos daquelas escolas abandonadas em Chernobyl, de pessoas abandonando depoimentos às pressas e largando tópicos incompletos em comunidades.

E se você acha que o orkut anda deserto, é porque faz tempo que não entra no mySpace.

Já o twitter transformou-se rapidamente no maior site de humor do mundo. Os usuários do twitter se dividem em três categorias: Tem as celebridades, os pseudo-humoristas e os bots. Se você não é famoso e não segue automaticamente o Mano Menezes, você tenta fazer piadinha na rede. Ultimamente, entretanto, grande parte das celebridades está começando a investir no pseudo-humorismo; e estou certo que com o avanço da Inteligência Artificial, em poucos meses teremos os primeiros bots mandando trocadilhos no twitter.

Continuar lendo

Demagogia nossa de cada dia

Roteiro pronto, discurso minuciosamente ensaiado… aliás, facilmente ensaiado: é sempre o mesmo, só trocando o locutor e o motivo. Faz parte de um circo hipócrita e demagogo que se repete a cada vez que uma notícia mais reverbante ataca a mídia…

Mas o foco aqui não vai ser as sensacionalistas novelas que as televisões e jornais criam. Eles não estão fazendo nada além de sua necessidade por sobrevivência: Precisam de ibope. E o mais sensacionalista é o que vai ganhar a atenção, em especial de um grupo imenso de demagogos que criticam enquanto simultaneamente assistem. A crítica é a chama que vai propagar o hype, que vai acender o ibope. É a base do sucesso do Big Brother: Ninguém pode gostar mas todos têm que assistir.

A demagogia nossa de cada dia é que alimenta essa grande indústria hipócrita, que nos cerca e nos entretém – e gostamos disso. É o discurso ecologicamente correto de quem apaga a luz na hora do planeta, mas deixa o ar condicionado ligado no hotel para encontrar o quarto fresquinho quando voltar.

A última bolacha do pacote

Demago-o-quê? Eu não sou isso não!

Continuar lendo

Nível de embriaguez

Em comemoração ao St. Patrick’s Day (que foi ontem), explicito-vos os 10 níveis da embriaguez humana.

Xadrez Etílico

É tudo um jogo

Não tenho muito orgulho de afirmar que já percorri os 10 estágios aqui citados:

  1. Seus amigos ficam duplamente mais engraçados. Você, triplamente.
  2. É quando toda frase parece ter saído da Ilha dos Macacos.
  3. Você vê alguém fazendo algo que precisa de um mínimo de experiência (que você não tem!) e pensa “Ei! Eu também consigo fazer isso!”
  4. Seu celular lhe parece bem divertido dentro de um copo de cerveja – e ainda mais divertido quando você liga para alguém (principalmente se for um(a) ex).
  5. Você começa a xavecar sem saber a namorada do seu amigo. Ou o seu amigo.
  6. Seus sussurros são altos o suficiente pra despertar alguém do coma.
  7. Você começa a cantar o Hino Nacional. Agravante: Alguém filma.
  8. Em suas conversas, você associa o(a) ex com tratamento de gatos.
  9. Você dorme no banheiro da casa da sua amiga. (foi mal, Ju!)
  10. Você vira intérprete de um encontro oficial entre Lula e Boris Yeltsen.

Tá bom… No décimo estágio eu nunca cheguei… Mas não foi por falta de esforço!

Drunk Yoga

Mestres do yoga irlandês

O amor é a gasolina da vida ~ A epopéia de uma piada

Já convivemos há um bom tempo com a internet. A rede surgiu a partir de pesquisas militares na decáda de 60, no auge da Guerra Fria. Em 29 de outubro de 1969 foi enviado o primeiro e-mail da história. Provavelmente era SPAM ou alguma corrente com um ppt, porque travou o computador que o recebeu. Mas a verdadeira explosão da internet se deu na década de 90. E a internet é realmente sensacional! Conteúdo de graça, pra ser produzido e compartilhado com todo mundo.

Quem nunca espalhou uma piada que leu na internet? Eu mesmo roubava várias piadas do HumorTadela e contava para amigos cada vez mais chateados com minhas inconvenientes piadinhas fora de hora. O HumorTadela, por sua vez, roubava de alguma outra fonte, que por sua vez, roubava de outra e assim por diante. É praticamente impossível definir onde nasce uma piada. Isso é bem comum. Veja Chico Anysio, por exemplo, tido como um humorista genial (e realmente é), iniciou sua carreira no humor simplesmente traduzindo textos de stand-ups americanos. A internet dificultou muito o trabalho de quem rouba o texto de um humorista famoso. Se algum cara do stand-up nacional for tentar emplacar com um texto de Bill Cosby ou do genial George Carlin, acho que não vai conseguir ter muito sucesso. O Brasil está passando por uma boa fase no humor, com ótimos textos autorais escritos por Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marcelo Mansfield, Maurício Meirelles, entre outros. Se você chega em algum churrasco contando aquela do “Boa noite, passageiros, aqui é o Comandante Nogueira”, todo mundo sabe que você não é um babaca criativo, mas é simplesmente um babaca.

"Old man yells at cloud"

Direito autoral de piada: Não tem nem de quem reclamar

Por outro lado, é cada vez mais difícil provar que uma criação é sua. Na internet, as piadas não possuem direitos autorais. É a lei do mais pop. Sites como o Kibeloco cresceram em cima das piadas alheias. E, quando a Web se tornou 2.0, tudo ficou mais difícil: Todo mundo produzindo conteúdo, e muita gente boa produzindo conteúdo bom. As piadas curtas, frases geniais e trocadilhos infames invadiram sites como o twitter, criadas por ilustríssimos desconhecidos, deixando tudo mais fácil para certas pessoas que vivem do humor alheio (né, José Simão?).

Quando eu era pequeno (mesmo, lá pelos meus 12, 13, 14 anos) eu adorava a coluna do José Simão, na Folha. Escrevia vários e-mails pra ele com piadas e, vez ou outra via uma piada que eu tinha mandado por lá publicada. “Olha mãããeeee! O Simão publicou outra piada minha!”, e lá estava no jornal minha piada crua ou simplesmente antecedida de “e um amigo me disse que…”. Beleza! A piada era minha, mas ninguém tinha como saber disso. Parei de mandar. Hoje em dia o Simão rouba, descaradamente, sem trocar uma vírgula, diversas piadas de caras geniais do twitter, como o @silviolach ou o @amatos30. José Simão, inclusive, é um jornalista tão peculiar que consegue escrever um texto usando apenas três teclas do teclado. A primeira é Ctrl. Deduzam as outras duas. Continuar lendo

Sorte do dia

Sou um pessimista nato. Mesmo assim, a vida às vezes consegue me surpreender e ser pior do que eu esperava.

Lavando o carro

...às vezes eu lavo o carro só para que chova. Aí não chove.

Já recebi alguns conselhos de pessoas próximas para que eu pegue mais leve no meu pessimismo. “O pessimismo lhe chama situações ruins”, já diriam aquelas pessoas que leram “O Segredo” – Porque diabos alguém ainda compraria o livro “O Segredo” pra ler se todo mundo já sabe qual é o segredo?

Assim sendo, e seguindo os passos do orkut, que a cada dia nos presenteia com uma série aleatória de palavras formando algo que eles dizem ser uma “sorte do dia”, durante o mês de setembro fiz o mesmo em meu orkut. Juntei cada pequena partícula de otimismo que ainda compunha o meu ser e diariamente mandei uma mensagem de carinho a todos os meus seguidores.

Como sou um babaca, recolho agora todas as mensagens e envio-as para apreciação do(s) leitor(es) deste blog:

  1. Sorte do dia: “Não se importe com os sucessivos fracassos. Ninguém gosta de pessoas que sempre vencem.”
  2. Sorte do dia: “Você não namora o Dado Dolabella.”
  3. Sorte do dia: “Quando você perceber que tudo está dando errado, um ‘fodeu’ bem dito vai lhe ajudar a pensar melhor.”
  4. Sorte do dia: “O ACM já morreu. Ele não será eleito este ano.”
  5. Sorte do dia: “Uma vez por ano seu horóscopo está certo. Tente adivinhar quando.”
  6. Sorte do dia: “Hoje é dia do sexo. Perfeito pra você que vive se fodendo.”
  7. Sorte do dia: “O botão unfollow está logo ali.”
  8. Sorte do dia: “Não é segunda-feira.”
  9. Sorte do dia: “Hoje você está meio sem sorte mesmo… Tente em outro dia.”
  10. Sorte do dia: “É sexta-feira. Não é sorte o suficiente pra você?”
  11. Sorte do dia: “O Galeano já parou de jogar.”
  12. Sorte do dia: “Você está do lado de fora de uma mina de cobre.”
  13. Sorte do dia: “A Ivete Sangalo não tocará na sua cidade hoje.”
  14. Sorte do dia: “Aproveite bem o dia de hoje. Amanhã será pior.”
  15. Sorte do dia: “Hoje não passa Zorra Total.”
  16. Sorte do dia: “Em 24 horas vai aparecer pra você uma ‘sorte do dia’ melhor do que esta.”
  17. Sorte do dia: “Desistir é a melhor forma de parar com as derrotas.”
  18. Sorte do dia: “Não se sinta mal. Você não é o único que confunde a Pepê com a Nenêm.”
  19. Sorte do dia: “Ou o Serra ou a Dilma não será presidente.”
  20. Sorte do dia: “Se Deus existe, ele gosta muito de você. Ninguém brinca tanto com alguém que não goste.”
  21. Sorte do dia: “Não ligue pro que a vida faz com você. Você também não anda fazendo lá muita coisa com ela mesmo.”
  22. Sorte do dia: “Se você não tem o que comer, pense que poderia ser pior: Você poderia estar comendo no habib’s.”
  23. Sorte do dia: “Você não é chefe do Neymar.”
  24. Sorte do dia: “2012 está chegando!”
  25. Sorte do dia: “Você não conhece o Ziraldo pessoalmente. Pode continuar a imaginá-lo como um velhinho bondoso.”
  26. Sorte do dia: “Se você mantém o controle enquanto todos se desesperam, é porque nunca entende a gravidade da situação. Continue assim.”
  27. Sorte do dia: “Se você se sente um derrotado no trabalho, olhe ao seu redor e perceba que você não está sozinho nessa merda.”
  28. Sorte do dia: “Eike Batista deve invejar uma pessoa que nem você, que não tem nada a perder.”
  29. Sorte do dia: “As Sortes do dia já estão acabando.”
  30. Sorte do dia: “Hoje termina o horário eleitoral gratuito.” Azar do dia: “Amanhã a televisão volta à programação normal.”

Agradeço aos pedidos para eu dar continuidade com as sortes do dia, mas eu não estava obtendo lucros com isso.

E não adiantou muito pro meu mês ser um otimista. Pessoas otimistas que nem eu nunca terão sorte na vida. Assim, sendo, gosto mais do meu pessimismo. Pelo menos eu me mostro constantemente certo.

1000 tweets

Eu gosto do meu twitter. No princípio, achava uma ferramenta inútil e imbecil. Hoje acho apenas imbecil.

Baleiando o twitter...

Baleiando o twitter... by HumorArte

Uso o twitter com o propósito único de despejar as merdas que inundam minha cabeça e que não são boas ou longas o suficiente para virar um post no blog, um desenho na minha mesa de trabalho ou são ruins demais para serem ditas em voz alta. A preguiça em montar uma piada decente faz com que 140 caracteres pareçam uma imposição maravilhosa para você não se dedicar mais ao assunto. E acho que por isso que o twitter deu certo. A imensa quantidade de famosos que possuem twitter (não é o caso do Cléber Machado e nem o do seu Muricy) deve ser justamente por causa que eles não tem nada além de 140 caracteres para dizer.

Já fiz dois especiais em meu twitter (um de dia dos namorados e um só com piadas de corno) e já fiz uma cobertura de evento (entrega do Oscar deste ano). Não que alguém se importe. O que posto no meu twitter é mais para mim mesmo do que para os outros. Mais ou menos que nem este blog.

Por isso que estou narcisamente colocando aqui o que eu mais gostei de mim mesmo em mais de 1000 tweets – quantidade que alcancei semana passada – e em pouco mais de um ano de falta do que fazer. São incontáveis minutos de improdutividade que nunca mais voltarão.

  • A física do boliche faz tanto sentido quanto a matemática das contas de baladas
  • Pessoas otimistas que nem eu nunca terão sorte na vida
  • o legal de ser louco é que vc pode fazer um dueto tocando sozinho.
  • Mulher é que nem gato: Se apaixona pela casa, não pelo dono
  • Ressaca é que nem o Faustão: Eu não quero, mas quase todo domingo sou obrigado a aguentar…
  • Com uma determinada dose de sacanagem e má vontade suficiente, é possível tocar qualquer negócio no Brasil
  • A Terra é um planeta redondo e chato. Chatíssimo.
  • Fidelidade é que nem creme de beleza: Só os feios usam.
  • Quando tudo começa a dar certo na sua vida, mantenha o pessimismo: é porque tem alguma merda muito grande a caminho!
  • Hoje na estrada eu vi um canguru tão fresco que a bolsa dele era uma Louis Vitton (durante uma viagem para a Austrália)
  • O pessoal enfiou o verdadeiro sentido da palavra “literalmente” no buraco. Literalmente.
  • Não acredito mais nas placas que dizem “Mulheres de graça até a meia-noite”. Eu sempre entro lá bem antes da meia-noite e não ganho a minha.
  • O nascer do Sol tem gosto de final de balada.
  • Pessoas que moram em trailers pagam drive-in como se fosse motel
  • O Brasil é o país do futuro. E, do jeito que vai caminhando, sempre vai ser.
  • A corrupção só existe àqueles que não ganham nada com ela.
  • A única certeza que eu tenho em relação à solidão é que ela não é contagiosa.
  • Desisto de jogar farmville no Brasil. É só ficar alguns dias longe do facebook que minha fazenda é invadida pelo MST.
  • À noite toda temperatura é medida na sombra.
  • Felicidade é o nome que damos àquela ignorância que fica dentro de cada um de nós.
  • Especialidade é quando você finalmente consegue entender uma coisa melhor do que entende o resto.
  • Aos olhos do paraplégico o saci é um afortunado!
  • A pobreza é um problema monetário tanto quanto a calvície é um problema capilar.
  • Ser enterrado vivo é algo que eu não quero fazer nem morto!
  • “Mulher sai na rua com óculos 3D e é atropelada por ônibus”
  • Pa bo entend, me palav bas
  • Declarar a própria arrogância é uma mostra de humildade. E vice-versa.
  • Neste dia dos namorados vou dar uma luva de presente para minha mão direita.
  • A única coisa que um programador não consegue programar é sua própria programação.
  • Eu queria ser chamado de gênio, mas não há lâmpada mágica do meu tamanho.
  • Um dia Deus ficou tão furioso comigo que me arranjou uma namorada.
  • O cara perdia o emprego mas não perdia a piada. Por sorte era humorista.
  • Saiba guardar segredos. …E depois suborne os envolvidos!
  • Para ser um bom mentiroso: ou você acredita em suas próprias mentiras ou tenha uma excelente memória.
  • Se o livro te prende e é fácil vira best-seller. Se o livro te prende e é difícil vira religião.
  • Tem muita solteira no meu MSN. A maioria das garotas tem um (Disponível) do lado do nome.
  • minhas piadas sobre procrastinação vão ficar todas para amanhã…
  • Criatividade é plagiar de vários lugares ao mesmo tempo sem que ninguém perceba.
  • Cada crente tem o Deus que acha que merece.
  • Ganhar dinheiro é fácil. Mas dá muito trabalho.
  • Adoro filmes com final triste. Eles não fazem minha vida parecer uma merda tão grande.
  • Ninguém se importa com um sistema que funcione.
  • Duas coisas que, quando se perde, são muito difíceis de recuperar: Respeito e virgindade. Ângela Bismarchi só recuperou uma delas.
  • Bacana é a história do vidente que foi num show de stand-up e ria antes da piada…
  • Deus não gosta de ironias
  • Meu amigo imaginário não acredita que eu exista.
  • Não gosto de esteriótipos. Isso é coisa desses executivos engomadinhos egoístas que trabalham em publicidade.
  • O chato de morar em São Paulo é que você acaba vivendo muito longe de casa.
  • O sonho de todo apaixonado incorrespondido é dizer um não à pessoa amada.
  • Não sabe aonde levar sua namorada este sábado? Tente levar ela ao orgasmo, só pra variar um pouco. (Este foi o mais retweetado até o momento)
  • A grama do vizinho é sempre mais verde que a sua. Foi meio burrice se mudar para um bairro cheio de jardineiros.
  • crise de criatividade é quando vc tem que encher lingüiça para seu texto caber no twitter
  • A solidão é intransitiva
  • Não freqüento cultos. Se eu quiser me sentir nas nuvens, o único “Daime” que eu vou usar é o anDaime.
  • Ser traído no dia dos namorados é que nem não receber presente no Natal porque o Papai Noel tava dando para outro.
  • Se tudo estiver dando certo na sua vida, fique tranqüilo: isso passa.
  • As pessoas reclamam que eu não concordo com nada que elas me dizem. Eu discordo disso.
  • RT @marcelotas: RT @flavialippi: o amor é a gasolina da vida ~ custa caro, acaba depois de 200 km e pode ser substituído pelo alcóol

Se quiser me seguir, já devia saber: @paulovelho