…da freqüência de publicação e cinco blogs recomendados

TL;DR:
Escrever dá trabalho pra caralho e eu não ganho dinheiro nenhum aqui, então é por isso que as publicações estão ficando tão escassas. Porém acredito que eu tenho trabalhado melhor na qualidade dos textos, a despeito de sua inconstância. Mas para quem quiser seguir este blog e o nRT, agora dá pra assinar nossa newsletter.

***

Por uma boa época, eu acreditava que o segredo do sucesso na internet era a constância na publicação de uma mídia. Blogs e sites que tinham conteúdo novo surgindo duas vezes por semana ou mais, pontualmente em determinados horários deveriam se sobressair àqueles inconstantes e que passavam meses sem atualização. Não valeria a pena voltar a um blog com freqüência se ele raramente apresentava conteúdo novo. Continuar lendo

Táticas femininas para se dar bem em discussões

Texto originalmente publicado no site “Papo de Homem” em 07 de março de 2011.
http://papodehomem.com.br/taticas-femininas-para-se-dar-bem-em-discussoes/

Ah! As mulheres! O que seríamos de nós, pobres homo sapiens ávidos produtores de testosterona, se não fosse por elas. Mulheres têm um poder fascinante sobre os homens, capazes de fazer até o mais másculo soldado espartano se derreter por um belo par de seios. Nenhum problema com isso. O problema está no fato delas saberem disso.

É da natureza feminina também a competitividade. Para elas, não basta estarem certas: elas têm que provar que os homens estão errados. E nós caímos feito patinhos. Não há nada mais chato do que discutir com uma mulher. Em qualquer relacionamento saudável – e especialmente nos relacionamentos não-saudáveis – uma discussão, às vezes, é inevitável. As mulheres dependem disso: Elas adoram discutir! Eu tenho uma teoria de que elas precisam constantemente discutir para praticar. Até acho que elas desenvolveram entre si a “Grande Cartilha de Táticas Femininas de Discussões”, na qual trago os principais tópicos e ensinamentos usados pelas mulheres:

Nosso manual.

Continuar lendo

Eu sou tão chato…

"Aquele não está suficientemente oval"

  • Eu sou tão chato que atendente de telemarketing desliga na minha cara.
  • Eu sou tão chato que quando eu ando pelos mercados populares, os vendedores me enxotam da tenda deles.
  • Eu sou tão chato que se eu jogasse futebol, o Galvão Bueno se recusaria a narrar o meu nome.
  • Eu sou tão chato que passei na prova oral por W.O.
  • Eu sou tão chato que o Djavan se inspira em mim para compôr.
  • Eu sou tão chato que me sentei pra conversar com o Forrest Gump e ele se levantou e foi embora.
  • Eu sou tão chato que João Gilberto é meu fã.
  • Eu sou tão chato que quando gerente de banco liga pra mim, diz que foi engano.
  • Eu sou tão chato que fui eleito porta-voz do Leão.
  • Eu sou tão chato que taxista não conversa comigo.
  • Eu sou tão chato que ia virar um quadro no Fantástico, mas fui reprovado.
  • Eu sou tão chato que tenho dois twitters.
  • Eu sou tão chato que o Drauzio Varella não quis me atender.
  • Eu sou tão chato que nem o MSN quer chamar minha atenção.
  • Eu sou tão chato que o Rogério Ceni pediu para não jogar no meu time.
  • Eu sou tão chato que minha mãe assiste Super Pop pra evitar falar comigo.
  • Eu sou tão chato que chamei meu amigo pra sair no sábado à noite e ele falou que não queria perder o Zorra Total.
É com prazer que comunicamos o falecimento...

Chato a esse ponto!

Pareço mas não sou

Além das aparências

Um olhar cuidadoso além das aparências...

  • Pareço organizado, mas guardo a faca na geladeira junto com a manteiga por preguiça de lavar
  • Pareço crítico, mas admiro o FHC
  • Pareço inteligente, mas às vezes estou escrevendo ou desenhando e enfio o lápis no olho quando vou coçar a cabeça
  • Pareço engraçado, mas aprecio a Praça é Nossa
  • Pareço nerd, mas tenho vida social
  • Pareço sociável, mas só procuro novos alvos de piadas
  • Pareço saudável, mas já estive na Irlanda
  • Pareço bonito, mas estou de costas
  • Pareço amável, mas é só sono
  • Pareço criativo, mas só sei plagiar dos lugares certos
  • Pareço sábio, mas eu leio a Veja
  • Pareço humilde, mas é que eu me acho foda demais pra perder tempo falando de mim
  • Pareço legal, mas eu canto o Hino Nacional no meio do “Parabéns pra você”
  • Pareço corajoso, mas sou inconseqüente
  • Pareço moderno, mas gosto de ameixas
  • Pareço simpático, mas estou só te dando mole, SUA LINDA!
  • Pareço culto, mas minhas bolas tem nome de Panicats
  • Pareço maduro, mas me sinto muito gay quando passo manteiga de cacau

Nível de embriaguez

Em comemoração ao St. Patrick’s Day (que foi ontem), explicito-vos os 10 níveis da embriaguez humana.

Xadrez Etílico

É tudo um jogo

Não tenho muito orgulho de afirmar que já percorri os 10 estágios aqui citados:

  1. Seus amigos ficam duplamente mais engraçados. Você, triplamente.
  2. É quando toda frase parece ter saído da Ilha dos Macacos.
  3. Você vê alguém fazendo algo que precisa de um mínimo de experiência (que você não tem!) e pensa “Ei! Eu também consigo fazer isso!”
  4. Seu celular lhe parece bem divertido dentro de um copo de cerveja – e ainda mais divertido quando você liga para alguém (principalmente se for um(a) ex).
  5. Você começa a xavecar sem saber a namorada do seu amigo. Ou o seu amigo.
  6. Seus sussurros são altos o suficiente pra despertar alguém do coma.
  7. Você começa a cantar o Hino Nacional. Agravante: Alguém filma.
  8. Em suas conversas, você associa o(a) ex com tratamento de gatos.
  9. Você dorme no banheiro da casa da sua amiga. (foi mal, Ju!)
  10. Você vira intérprete de um encontro oficial entre Lula e Boris Yeltsen.

Tá bom… No décimo estágio eu nunca cheguei… Mas não foi por falta de esforço!

Drunk Yoga

Mestres do yoga irlandês