Táticas femininas para se dar bem em discussões

Texto originalmente publicado no site “Papo de Homem” em 07 de março de 2011.
http://papodehomem.com.br/taticas-femininas-para-se-dar-bem-em-discussoes/

Ah! As mulheres! O que seríamos de nós, pobres homo sapiens ávidos produtores de testosterona, se não fosse por elas. Mulheres têm um poder fascinante sobre os homens, capazes de fazer até o mais másculo soldado espartano se derreter por um belo par de seios. Nenhum problema com isso. O problema está no fato delas saberem disso.

É da natureza feminina também a competitividade. Para elas, não basta estarem certas: elas têm que provar que os homens estão errados. E nós caímos feito patinhos. Não há nada mais chato do que discutir com uma mulher. Em qualquer relacionamento saudável – e especialmente nos relacionamentos não-saudáveis – uma discussão, às vezes, é inevitável. As mulheres dependem disso: Elas adoram discutir! Eu tenho uma teoria de que elas precisam constantemente discutir para praticar. Até acho que elas desenvolveram entre si a “Grande Cartilha de Táticas Femininas de Discussões”, na qual trago os principais tópicos e ensinamentos usados pelas mulheres:

Nosso manual.

Continuar lendo

Pequeno manual de humor ofensivo

O brasileiro sempre teve dificuldade em definir os limites do humor, mas no passado estava tudo bem porque as pessoas costumavam se concentrar em coisas realmente importantes, como a fome mundial, as guerras e os 12 problemas bucais que um ser humano pode ter. No entanto, ultimamente, a patrulha do politicamente correto – formada por pessoas com uma grande falta de sexo e um ainda maior excesso de tempo – vem se dedicando a estudar as piadas que circulam por aí.

Mate o piadista!

“Nossa! Pensei numa piada ótima agora!”

Com um tridente numa mão, um crucifixo na outra e gritando “Fogueira aos humoristas!”, a Patrulha Aburguesada Unânime (PAU) tenta impor limites às piadas que os humoristas têm contado. Em revide, a frente dos Humoristas Inconsequentes Moderados E Negativistas (HIMEN) tenta bater de frente com ela, empurrando os limites do humor para o mais longe possível.

Como nas lutas entre PAU e HIMEN, esse último costuma perder, nós resolvemos criar esse “Pequeno Manual do humor ofensivo” para auxiliar o grupo dos humoristas a entender até onde eles podem ir nas suas piadas: Continuar lendo

Feliz Signo Novo

Eu sempre achei que imensos pedaços de pedra voando a milhões de anos-luz de mim não podem influenciar tanto assim na minha vida. Mas isso porque eu sou um babaca cético, afinal, é evidente que se Mercúrio está na sétima casa alinhado com Júpiter, isso é um claro sinal que eu tenho grandes chances que um maluco me mande algumas gramas de Anthrax pelo correio.

Meu horóscopo sempre pareceu estar terrivelmente errado. Mas agora tudo se justifica: Eu estava olhando o horóscopo errado! Eu era de Peixes e, por isso sempre fingi ser esse indivíduo tão sensível que eu aparento. Agora, devo dizer que sou muito mais feliz sendo Aquário: Simpático, humanitário, leal, pouco emocional e não entende a complexidade dos sentimentos. Faz muito mais sentido. Apesar que, devido a alguns fatos do ano passado, acho que um signo como Touro ou Capricórnio cairia muito melhor em mim.

Cavaleiros de Ouro

Pessoal, a gente vai ter que trocar essas armaduras!

Mudar o signo é algo bizarro. Várias pessoas que criticaram a Ângela Bismarchi por sua cirurgia de reconstrução de hímen estão agora pagando por suas línguas, uma vez que elas também voltaram a ser Virgem. E, no maior estilo “American Pie”, um grandioso número de pessoas deixou de ser Virgem da noite para o dia – como geralmente acontece. O que é curioso porque, para eu deixar de ser Virgem é mais fácil que todas as estrelas do Universo mudem de lugar do que aparecer alguma garota para me ajudar no processo.

Se a mudança pareceu positiva para alguns, para outros, terá um custo alto: Com a adição de um novo signo, o cara dos jornais que inventa o horóscopo vai ter trabalho a mais. Sem contar o layoutista: com um número primo de signos, ele tá fudido pra desenvolver uma tabela que consiga encaixar todos os signos devidamente alinhados.

Meu amigo, o Barba, de tão solidário que é, quando ficou sabendo que todos os signos avançaram uma casa pra frente, só conseguiu pensar no pobre coitado do Muh de Áries, que agora tem que subir toda aquela escadaria pra chegar até a casa dele. Quero só ver o remake da saga de Sagitário do Cavaleiros do Zodíaco. Como ex-pisciano também fico feliz que o cavaleiro de ouro de meu signo não é mais o Afrodite. Meu irmão de Touro sempre me zuou porque o Aldebaran é um cara tão másculo e gente boa e o Afrodite é aquela bichona. Mas não gosto muito de discutir minha sexualidade me baseando em Cavaleiros do Zodíaco… Eu também sempre gostei mais do Shun.

Ainda estou me acostumando a ser de Aquário. Hoje já xinguei minha mãe, dei um esbarrão numa velhinha e chutei um gatinho. É bem mais legal ser esse crápula insensível aquariano!

Guia de notícias para 2011

O trabalho de jornalista é cansativo e estafante. Janeiro costuma ser um mês bem mais calmo na área: Aquela época que os jornalistas podem deixar sua criatividade aflorar e inventar notícias bem mais bacanas.

Notícias Populares

No ABC? Aposto que foi em Santo André...

Jornalista previnido, entretanto, aproveita o marasmo do primeiro mês do ano para já escrever as notícias do ano inteiro. Jornalista malandro, nem precisa disso: É só pegar este texto e agendar cada notícia para seu devido mês…

Então, aproveite e já leia as notícias que vão chegar até você neste ano vindouro:

Janeiro:

  • Chuvas trazem transtorno a São Paulo. Trânsito bate recorde (Folha)
  • Rombo no orçamento do governo Lula pode trazer problemas a Dilma (Estadão)

Fevereiro:

  • Acompanhe o samba enredo das escolas de samba (Globo)
  • Vida de Geisy Arruda vai virar filme (Estadão)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Março:

  • Eliminada do BBB posará nua para revista masculina (iG)
  • O casamento de Fábio Júnior (Caras)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Abril:

  • Musa do BBB sem roupa! (Playboy)
  • CBF reconhece título de campeão brasileiro de 1578 para a Aldeia Tupinambá. (Lance)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Maio:

  • O sonho acabou: Corinthians eliminado da Libertadores! (Lance)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Junho:

  • Conheça os perigos de soltar balões (Jornal Hoje)
  • Governo da Bahia admite em nota pública que Fitinhas do Nosso Senhor do Bonfim não funcionam. (A Tarde)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Julho:

  • Confira a agenda para ir com as crianças nas férias de meio de ano. (Jornal Hoje)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Agosto:

  • Viviane Araújo nua pra você! (Sexy)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Setembro:

  • 10 anos dos atentados de 11 de setembro: Veja o que mudou no mundo. (Globo)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Outubro:

  • Vida de Tiririca vai virar filme (Estadão)
  • Devido a atrasos, FIFA estuda nova sede para Copa do Mundo de 2014 (Lance)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Novembro:

  • O divórcio de Fábio Júnior (Caras)
  • Liminar pede anulação da prova do ENEM (Folha)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)

Dezembro:

  • 73% dos brasileiros usarão 13.o salário para pagar dívidas (Globo)
  • Aeroportos brasileiros sofrem com caos aéreo (Folha)
  • Confira as dicas para economizar na ceia de natal! (Jornal Hoje)
  • Descoberto esquema de corrupção no governo petista (Veja)
Meia Hora

Ainda vou ter uma coluna no Meia Hora...

O amor é a gasolina da vida ~ A epopéia de uma piada

Já convivemos há um bom tempo com a internet. A rede surgiu a partir de pesquisas militares na decáda de 60, no auge da Guerra Fria. Em 29 de outubro de 1969 foi enviado o primeiro e-mail da história. Provavelmente era SPAM ou alguma corrente com um ppt, porque travou o computador que o recebeu. Mas a verdadeira explosão da internet se deu na década de 90. E a internet é realmente sensacional! Conteúdo de graça, pra ser produzido e compartilhado com todo mundo.

Quem nunca espalhou uma piada que leu na internet? Eu mesmo roubava várias piadas do HumorTadela e contava para amigos cada vez mais chateados com minhas inconvenientes piadinhas fora de hora. O HumorTadela, por sua vez, roubava de alguma outra fonte, que por sua vez, roubava de outra e assim por diante. É praticamente impossível definir onde nasce uma piada. Isso é bem comum. Veja Chico Anysio, por exemplo, tido como um humorista genial (e realmente é), iniciou sua carreira no humor simplesmente traduzindo textos de stand-ups americanos. A internet dificultou muito o trabalho de quem rouba o texto de um humorista famoso. Se algum cara do stand-up nacional for tentar emplacar com um texto de Bill Cosby ou do genial George Carlin, acho que não vai conseguir ter muito sucesso. O Brasil está passando por uma boa fase no humor, com ótimos textos autorais escritos por Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marcelo Mansfield, Maurício Meirelles, entre outros. Se você chega em algum churrasco contando aquela do “Boa noite, passageiros, aqui é o Comandante Nogueira”, todo mundo sabe que você não é um babaca criativo, mas é simplesmente um babaca.

"Old man yells at cloud"

Direito autoral de piada: Não tem nem de quem reclamar

Por outro lado, é cada vez mais difícil provar que uma criação é sua. Na internet, as piadas não possuem direitos autorais. É a lei do mais pop. Sites como o Kibeloco cresceram em cima das piadas alheias. E, quando a Web se tornou 2.0, tudo ficou mais difícil: Todo mundo produzindo conteúdo, e muita gente boa produzindo conteúdo bom. As piadas curtas, frases geniais e trocadilhos infames invadiram sites como o twitter, criadas por ilustríssimos desconhecidos, deixando tudo mais fácil para certas pessoas que vivem do humor alheio (né, José Simão?).

Quando eu era pequeno (mesmo, lá pelos meus 12, 13, 14 anos) eu adorava a coluna do José Simão, na Folha. Escrevia vários e-mails pra ele com piadas e, vez ou outra via uma piada que eu tinha mandado por lá publicada. “Olha mãããeeee! O Simão publicou outra piada minha!”, e lá estava no jornal minha piada crua ou simplesmente antecedida de “e um amigo me disse que…”. Beleza! A piada era minha, mas ninguém tinha como saber disso. Parei de mandar. Hoje em dia o Simão rouba, descaradamente, sem trocar uma vírgula, diversas piadas de caras geniais do twitter, como o @silviolach ou o @amatos30. José Simão, inclusive, é um jornalista tão peculiar que consegue escrever um texto usando apenas três teclas do teclado. A primeira é Ctrl. Deduzam as outras duas. Continuar lendo

A música de Richard Cheese

Houve uma época em que eu simplesmente abominava qualquer mudança de ritmo, versão ou até letra de uma mesma música. Parecia algo exemplarmente imbecil pegar uma música qualquer e alterá-la de alguma forma. Não me culpe. Parte de minha motivação pelo repúdio a essa prática vêm de feitos como o “Bate bate bate na porta do céu” de Zé Ramalho (que, por acaso, tem um CD inteiro só estragando as versões de Bob Dylan) ou essa pérola do grupo Brucelose, digna de nossos aparelhos digestivos, que conseguem transformar um delicioso e caríssimo almoço em merda pura.

Mas até pouco tempo eu não imaginava que essas transformações pudessem ser feitas de forma totalmente benigna e até proveitosa. Devido à influência do Rockabilly, comecei a acompanhar algumas transformações de músicas medianas ou péssimas em animados rocks dançantes, provenientes de bandas como “The Baseballs” ou “Dick Brave & the Backbeats“. Continuar lendo