Eurotrip pelos Estados Unidos

Continuação direta dos meus primeiros dias em Londres

Mesmo sendo um emprego que não me agradava, a segurança de um trabalho me deu a tranqüilidade e o dinheiro suficiente para procurar calmamente por outro. Sem contar que era muito fácil não fazer nada naquele emprego – até mesmo porque eles não me davam tarefa nenhuma. Eu nem precisava ficar jogando poker online o dia inteiro com a justificativa de estar testando o sistema.

Paralelamente ao trabalho, inciei diversos processos seletivos. Um deles envolveu várias etapas, culminando com um dia final contendo um rodízio de entrevistas, das 10h às 17h. O processo seletivo, porém se mostrou extremamente ineficiente, uma vez que eles chegaram à conclusão de me contratar.

Já que eu me considerava um inútil naquela empresa, abandonei meu emprego no site de pôker antes de terminar meu aviso-prévio (o que eles poderiam fazer? me demitir?). Na minha última semana de trabalho, havia recebido uma ligação do meu futuro/atual emprego perguntando se eu podia ir para os Estados Unidos fazer parte de um treinamento. Era uma quinta-feira quando eles me ligaram. Naquele domingo, 11 de dezembro, eu estava partindo para os Estados Unidos, para passar uma semana em Indianápolis e uma em Raleigh.

Continuar lendo