Piada tem dono?

Reportagem de Tatiana de Mello Dias
Originalmente publicado no caderno LINK, do Estado de São Paulo, no dia 02 de julho de 2012
http://blogs.estadao.com.br/link/piada-tem-dono/

Uma sacada no Twitter e pronto: a piada se multiplica. Mas qual é o direito do autor?

SÃO PAULO – “O amor é a gasolina da vida: custa caro, acaba rápido e pode ser substituído pelo álcool.” A frase do blogueiro Paulo Velho ganhou o mundo, mas seu nome não foi citado em lugar nenhum. Escrita num tweet pela primeira vez em 2010, a piada ganhou novos donos, foi parar em um programa de rádio, virou comunidade no Orkut e até frase do personagem de Charlie Sheen na série Two and a Half Men, através de um aplicativo no Facebook.

“Foi um misto de surpresa com orgulho”, conta Paulo Velho. “Primeiro o orgulho de descobrir que alguém realmente lia o que eu escrevia. Depois a surpresa de descobrir que alguém ainda se atrevia a repetir as minhas piadas. É muita coragem.” Continuar lendo