Divago 3.14159265

Depois de terminar o segundo post de divagações, eu concluí que sou tão babaca quanto qualquer um. Só exponho isso de forma melhor.

A prova disso é que começa agora o Divago 3.14159265… {também conhecido como Divago-pi [e cheio de pi-ada (dessa pra pior)]}.

Pi! Pie?

Pi! Pie?

Gênesis

  • Para fazer o Brasil, Deus levou 4 dias:

O primeiro Ele usou para alardear em toda mídia as maravilhas do projeto que Ele iria inaugurar no dia seguinte.
O segundo Ele usou para contratar uma empreiteira corrupta que entraria num esquema onde Ele lucraria o dobro do valor estimado do projeto.
Levou o terceiro dia inteiro para tocar a obra, sendo que só precisava mesmo era de uma ou duas horinhas.
O quarto dia Ele fez a inauguração em frente à toda imprensa alardeando vantagens inexistentes e inventando desculpas pelo atraso da obra.

  • Para fazer a China, Deus levou 15 minutos:

Ele só teve que criar 1 bilhão de chineses trabalhando por um centavo/hora.

  • Para fazer o Japão, Deus levou 3 dias:

Um para fazer, um para jogar duas bombas atômicas, outro para fazer melhor e mais tecnológico.

Clássicos do pebolim nacional

O time de azul sempre enfrenta o time de vermelho. Deve ser um campeonato bem tedioso. Pelas cores e pelo tédio tem jeitão de campeonato gaúcho.

Bailarina Pebolim

"Richarlysson aparece pelo meio"

Gostaria muito de assistir um jogo de pebolim com narração de Cléber Machado:

  • “Jogo disputado! A bola não pára. E sem nenhuma falta no jogo até agora!”
  • “Caio, você acha que a linha de impedimento têm funcionado?”
  • “Ih, rapaz! O jogador está numa… Está numa barra! Que loucura, que loucura!”
  • “O jogador deu uma pirueta para chutar. Pode isso, Arnaldo?”

Cartas fora do baralho

Objetivos que acabaram ficando de fora do jogo War:

  • Conquiste Brasil, Rússia, China e Índia e os mantenha até que se tornem países desenvolvidos.
  • Segure o jogo para que ele dure mais de 5 horas e depois crie um terremoto no tabuleiro.
  • Finja que um de seus territórios é dominado por uma ditadura tropical e arrume briga com os Estados Unidos.

Cartas de Sorte ou Revés que ficaram de fora do jogo Banco Imobiliário:

  • Revés: Descobriram seu esquema fraudulento de propina. A desculpa de “dinheiro para comprar panetone” não colou. Vá para a prisão.
  • Sorte: Sua filha engravidou de um famoso jogador de futebol. A renda mensal da pensão vai lhe permitir comprar aquela mesa de sinuca que você sempre sonhou!
  • Revés: Uma garota foi atirada pela janela pelos pais em um de seus imóveis. Desvalorize-o em 50%.
  • Sorte: Você foi eleito governador! Considere esta uma carta “Saída livre da prisão”
  • Revés: A companhia de táxi está adotando fuscas azuis em toda sua frota. Tome um soco cada vez que passar por lá.

Casamento arranjado

Aquele humorista egocêntrico acabou casando com a própria piada. Viveram um tempo felizes, mas um dia se separaram. Ele diz que o casamento “perdeu a graça”…

A melhor pior banda de todas

João da Harpa e os patrulheiros do espaço é uma banda que está marcando época. É uma banda de rock que tem um propósito um tanto quanto estúpido: Aplicar um som bem mais roqueiro nas piores músicas do cancioneiro nacional. A versão metal de “Fio de Cabelo” causou furor e entorpecimento – e alguns protestos mais exaltados – quando foi tocada na Kiss FM.

Uma das características da banda é possuir uma música chatíssima, de 7 minutos, chamada “Raul“. A música não faz sentido e ninguém gosta, mas eles tocam todo show, sempre que algum babaca grita “Toca Raul!

O João que dá nome à banda realmente tem uma harpa, mas não é a figura central da banda. Nem tocar harpa ele toca. A harpa só é usada numa única música (Morango do Nordeste) e, mesmo assim, João apenas faz um solo de três notas e depois quebra a harpa no palco. O público vai à loucura!

A turnê da banda já foi expulsa de 12 estados e segue tentando ser expulsa de Rondônia agora. Indagado sobre o que iria fazer quando fosse expulso de todos os estados, João sonha alto: “Queremos ser expulsos de todos os países também!”. Eles seguem no caminho certo.

Bidding War

Bidding War

Porque a malandragem é universal.

Com cheirinho de Lavanda!

Do que é feito o cheirinho de lavanda? O que é o cheirinho de lavanda?

Explicação científica aceita: Cheiro de lavanda, na verdade, não passa de cheiro de casa de vó. Assim, grandes empresas como a Unilever passam em várias casas de vó coletando amostras dos cheiros (do quintal e lavanderia. quase nunca dos quartos), para depois, num laboratório tirar uma média e obter o cheiro de lavanda. O grande pulo do gato é que tomou-se conhecimento que o cheiro das casas da vó provém dos produtos com cheiro de lavanda que são lá usados e vão se procriando. O que entra num ciclo vicioso terrível que desafia a ciência: O primeiro cheiro de lavanda que acabou por espalhar o cheiro de lavanda pelos lares de milhões de vós pelo mundo… veio daonde?

Enfim… divago…

E aquele chá que me serviram no culto de ontem não deve ter me feito muito bem…