Divago 5

Sem mais delongas desta vez. Quanto mais rápido você livrar sua consciência da leitura dessa merda, mais rápido você vai poder dar refresh no seu facebook.

Obama Bin Laden encontra Barack Osama

Obama e Osama

Esse Osama é uma figura!

Após morte de terrorista, Barack Obama e Bin Laden brasileiros selam a paz

http://noticias.r7.com/sao-paulo/noticias/apos-morte-de-terrorista-barack-obama-e-bin-laden-brasileiros-selam-a-paz-20110504.html

Heterofobia

Fui acusado de homofobia por um polêmico texto que escrevi ao Papo de Homem. Como posso ser homofóbico se sou são-paulino?

Diálogos politicamente-corretos #1

Rapaz encontra mulher grávida:

– Fabi! Fiquei sabendo que você tá grávida! Parabéns!

– Obrigada!

– Quantos meses?

– Sete semanas.

– E já sabe o sexo da criança?

– Ah! Não vamos impôr nada. Deixe que ela decida por si só. Não queremos exercer nenhuma pressão! Continuar lendo

Divago 4

Ah! Divagações… Desde setembro que eu não apresentava minhas aleatórias e inúteis divagações em formato texto. Aproveitando então minha vida de desempregado, trago de volta a babaquice que ninguém sentiu falta. É mais ou menos como o Dedé: Ninguém sente falta, mas de repente ele volta tentando fazer algo engraçado e você fica com saudades daquela época que você nem lembrava que ele existia.

O Dedé já tá aposentado? Se ele não estiver, a onda agora é voltar à mídia para anunciar aposentadoria…

Redondo

Foto auto-explicativa

Bombeiros homenageiam Didi

O ator e antigo humorista Renato Aragão recebeu uma homenagem dos bombeiros do Rio de Janeiro por sua inestimável prestação de serviço à população. No último sábado, após um princípio de incêndio em um prédio público, Renato Aragão saiu de trás de uma porta já armado com um extintor de incêndio, disparando-o e apagando o fogo. “É isso aí, psit!”, disse ele pouco depois, antes de jogar um balde de água em um grupo de pessoas, apagando acidentalmente outro foco de incêndio.
Continuar lendo

Divago 3.14159265

Depois de terminar o segundo post de divagações, eu concluí que sou tão babaca quanto qualquer um. Só exponho isso de forma melhor.

A prova disso é que começa agora o Divago 3.14159265… {também conhecido como Divago-pi [e cheio de pi-ada (dessa pra pior)]}.

Pi! Pie?

Pi! Pie?

Gênesis

  • Para fazer o Brasil, Deus levou 4 dias:

O primeiro Ele usou para alardear em toda mídia as maravilhas do projeto que Ele iria inaugurar no dia seguinte.
O segundo Ele usou para contratar uma empreiteira corrupta que entraria num esquema onde Ele lucraria o dobro do valor estimado do projeto.
Levou o terceiro dia inteiro para tocar a obra, sendo que só precisava mesmo era de uma ou duas horinhas.
O quarto dia Ele fez a inauguração em frente à toda imprensa alardeando vantagens inexistentes e inventando desculpas pelo atraso da obra.

  • Para fazer a China, Deus levou 15 minutos:

Ele só teve que criar 1 bilhão de chineses trabalhando por um centavo/hora.

  • Para fazer o Japão, Deus levou 3 dias:

Um para fazer, um para jogar duas bombas atômicas, outro para fazer melhor e mais tecnológico.

Clássicos do pebolim nacional

O time de azul sempre enfrenta o time de vermelho. Deve ser um campeonato bem tedioso. Pelas cores e pelo tédio tem jeitão de campeonato gaúcho.

Bailarina Pebolim

"Richarlysson aparece pelo meio"

Gostaria muito de assistir um jogo de pebolim com narração de Cléber Machado:

  • “Jogo disputado! A bola não pára. E sem nenhuma falta no jogo até agora!”
  • “Caio, você acha que a linha de impedimento têm funcionado?”
  • “Ih, rapaz! O jogador está numa… Está numa barra! Que loucura, que loucura!”
  • “O jogador deu uma pirueta para chutar. Pode isso, Arnaldo?”

Continuar lendo

Divago 2

Você compraria um livro baseado somente em divagações aleatórias? É, eu também não. Mas se eu fosse escrever um, ele se chamaria “Divagar: Se vai longe”. Não que eu realmente queira escrever um. Eu não queria nem escrever um post baseado em divagações, mas já estou no segundo. O primeiro foi surpreendentemente bem aceito. E, seguindo a lógica hollywoodiana, nada é tão ruim que não possa ter uma continuação. Então lá vai merda!

Mas ser solteiro é que é legal!

Mas ser solteiro é que é legal!

Idéias para livros

1) Conselhos de trânsito por Paulo Velho: Os melhores conselhos de trânsito para alguém que sobrevive em São Paulo.

  1. Capítulo 1: Economize. Peça carona.
  2. Capítulo 2: Fugindo do trânsito: Aprenda a trabalhar até as 2h da manhã!
  3. Capítulo 3: Selecionando adequadamente sua cabine de pedágio
  4. Capítulo 4: Atropelei! Fugir ou ficar?

Continuar lendo

Divago

Hoje eu acordei com saudades de você / beijei aquela foto que você me ofertou a cabeça cheia de pensamentos. Eles ficaram correndo de um lado pro outro, se jogando contra a parte interior de minha testa, acendendo fogueiras e chutando outras partes vitais do meu cérebro, como aquelas responsáveis pela coordenação motora… Eu não tive mesmo muita alternativa a não ser colocar todos eles em algum lugar.

Eu não me responsabilizo pela sua leitura daqui pra frente.

It's all I need!

Imagem literalmente meramente ilustrativa

Teoria da Lois Lane partida ao meio

Teoria criada pelo físico Jerry Shuster, lá pela metade da década de zero. Obscura, mas muito aceita no meio científico, ela estabelece que o homem comum consegue aceitar de 12 a 17 absurdos de ficção científica antes de criticar um item obsoletamente imbecil da história.

“Isso é impossível! Ninguém conseguiria manter o equilíbrio assim enquanto atira com arco e flecha em cima de uma corda bamba!”
“Cara, quantos elfos você já viu atirando?”

***

“Eu não entendo… se sangue de unicórnio cura tudo, porque não cura o próprio unicórnio antes dele morrer?”
“Pra começar, unicórnios não existem!”

***

“Porra! O cara nunca poderia ser visto desse ângulo na Bahia se ele é visto daquele ângulo em Foz do Iguaçu”
“Bicho… Você tá falando de um Faustão de 9 quilômetros de altura!”

Princípio da Conveniência

Estabelecido com base na Teoria da Lois Lane partida ao meio, este princípio é muito difundido em estúdios de entretenimento e visa ignorar qualquer crítica a qualquer coisa com base no argumento de que “seria imensamente conveniente”

“Porque o Hulk quando fica forte acaba rasgando toda a roupa, menos as bermudas?”
“É conveniente! Senão os ilustradores iriam ter que começar a desenhar o saco do Hulk ou procurar outra forma de cobrir suas vergonhas!”

***

“Porque os cobertores nas novelas sempre cobrem os homens até a cintura e as mulheres até os peitos?”
“É conveniente! Para poder transmitir a novela antes das 22h!”

***

“Porra! Como o cara consegue crescer tanto e a roupa dele vai crescendo junto?”
“Bicho… Você tá falando de um Faustão de 9 quilômetros de altura!”

Continuar lendo