A rede anti-social

Ainda acho que, em favor da socialização, as pessoas deviam entrar mais em bares e menos em redes sociais. Como diz o Tio Dino, são tempos de muita rede social para pouco amigo.

Rede sem lei

O orkut é o equivalente às pochetes das redes sociais. Outrora pop, a rede já foi reportagem de William Bonner com suas Katilces e acusações de “não sei brincar, o orkut tá falando mal de mim.”. Hoje em dia, a comunidade é mais cafona do que casar na praia. Eu adoraria usar uma expressão-clichê do tipo que “o site só se mantém vivo com a ajuda de aparelhos”, mas todo site da internet só funciona com a ajuda de aparelhos.

A comunidade ainda é útil para verificar o que fazem seus amigos de mais baixa renda. Em minha humilde opinião, o grande problema do orkut é que ele se preocupou demais em imitar o facebook e esqueceu de ser quem ele realmente é. Não aprendeu nada com a moral de 9 em cada 10 contos de fada da Disney. Oras, se é pra ter uma rede que imita o facebook, então eu também vou para o facebook, que, convenhamos, imita muito melhor a si mesmo.

Atualmente, o orkut funciona como um cemitério de memórias. Pense em algum casal de amigos que tenham terminado o relacionamento nos últimos 6 meses. O orkut ainda guarda fotos dos pombinhos juntos e depoimentos apaixonados de um para o outro. Varrer os scraps e fotos de seus amigos no orkut é tipo varrer as fotos daquelas escolas abandonadas em Chernobyl, de pessoas abandonando depoimentos às pressas e largando tópicos incompletos em comunidades.

E se você acha que o orkut anda deserto, é porque faz tempo que não entra no mySpace.

Já o twitter transformou-se rapidamente no maior site de humor do mundo. Os usuários do twitter se dividem em três categorias: Tem as celebridades, os pseudo-humoristas e os bots. Se você não é famoso e não segue automaticamente o Mano Menezes, você tenta fazer piadinha na rede. Ultimamente, entretanto, grande parte das celebridades está começando a investir no pseudo-humorismo; e estou certo que com o avanço da Inteligência Artificial, em poucos meses teremos os primeiros bots mandando trocadilhos no twitter.

Ter mais de mil amigos no orkut hoje em dia é algo banal. O twitter aposenta de vez o “Perfil Lotado, me add no outro!” e nos traz o “Estou seguindo, me segue de volta!”, contando a popularidade das pessoas pelo número de seguidores (reais ou não). RT virou gratidão e Unfollow virou ofensa. É a evolução da comunicação atingindo um novo patamar “Olha o que o cara disse!”.

O facebook é <voz de narrador da RedeTV!>a rede social que mais cresce no Brasil</voz de narrador da RedeTV!>. Mas ela já começa a sentir o mesmo cansaço das outras redes sociais, que, ironicamente, é causado pelo acúmulo de gente. O grande responsável pelo crescimento da rede virá a ser também o seu Nêmesis: os aplicativos. Os primeiros usuários migraram do orkut para cultivar o seu pedaço de terra com os amiguinhos. Depois houve o grande êxodo rural, onde esses desbravadores largaram a vida no campo para distribuir letras uns aos outros e compartilhar seus horóscopos. Criticam com vêemencia esse novo povo caipira que espalha aos sete ventos a alegria de ter encontrado uma vaca, sem olhar para si próprios, que «possuem um irmão que amam muito e cole isso em seu mural se você possui também!»

Where is Jackie?

Ah não, Jaque! Que coisa feia!

Mais do mesmo. Chega o Google com uma novidade: O Google+. A gigante das buscas estava há um bom tempo completamente perdida na área de redes sociais. Pode-se dizer que ela estava andando em círculos. E pode-se dizer que continua. É a chance de começar de novo, desta vez fazendo certo. Agora você já sabe como funciona os grupos e talvez seja bom começar desde já a dividir os seus amigos em círculos. Já percebi que meus círculos vão ter que ser mais específicos do que “OS MANOS” e “SUAS LINDAS”.

Mas usar círculos é uma boa idéia. As outras redes já estão cheias de bestas quadradas e triângulos amorosos mesmo. O Google+ a princípio pode parecer apenas mais limpo e tranqüilo que o facebook, mas um olhar mais apurado mostra que, em pouco mais de 20 dias, a rede do Google conseguiu algo que o facebook ainda não conseguiu em todos estes anos: Fanboys chatos. É uma rede para ser desfrutada enquanto sua mãe ainda não está lá.

Eu, pessoalmente, já achei meu espaço. Não sofro mais com nenhum dos problemas supracitados depois que comecei a usar a PauloVelho+, a melhor e menor rede social do mundo. É a rede social de um homem só: eu sou o único que posso entrar. É meio solitária, mas eu sempre fui espaçoso mesmo… E egocêntrico!

Cada vez que a Gretchen casa, o mundo surge com uma nova rede social. A verdade é que o mundo não precisa mesmo de outra rede social. O mundo precisa mesmo é de uma rede anti-social. Por isso minha visão de uma rede social perfeita teria itens mais voltados à semeação da discórdia e ao isolamento:

  • Ignora automaticamente mensagens de “Sextaaaaa!!!” e “findi perfeito”.
  • Atualização de status: Quando colocada uma nova mensagem aparece uma tela de confirmação indagando “O que te faz pensar que alguém achará isso interessante?”
  • Além do “Curti!”, já vem com os botões “Foda-se”, “E eu com isso?” e “Caguei”.
  • “Amigo” é um termo próximo demais. A rede anti-social trata os relacionamentos como “conhecidos”. Ou então, se o seu perfil for esquerdista, chamará de “companheiros”.
  • No lugar do quadro “Pessoas que você talvez conheça”, haverá um quadro “Pessoas que você talvez queira excluir”.
  • Respostas automáticas do sistema: Quando o usuário posta “Feliz!” ou “Triste”, a própria rede trata de perguntar “O que aconteceu?”. No fundo a gente sabe que você quer que alguém pergunte.
  • Sério: Ninguém quer saber do seu horóscopo. É outra coisa que vai ser proibida.
  • Cada mensagem dos usuários é exibida com um botão “excluir amizade”. Assim você não tem que pensar duas vezes quando vir uma atualização desnecessária pulando na sua tela.
  • Bloqueador de mensagens de quem escreve subliminarmente. É uma rede social, não uma porra de um livro do Dan Brown, então seja direto!
  • O cara respondeu uma pergunta sobre você mas você tem que passar por testes e provações pra saber o que é. Fala na cara, caralho! A rede anti-social não permite comentários obscurecidos sobre as pessoas. Ela também não fica fazendo perguntas a esmo sobre outrem.
Usuário de Orkut

Tenho 330 amigos no orkut mas não tenho o que comer.